QRZ.COM
ad: L-HROutlet
ad: l-rl
ad: l-gcopper
ad: L-rfparts
ad: l-assoc
ad: Subscribe
PY3BEG Brazil flag Brazil

Login is required for additional detail.

QSL: BUREAU OR DIRECT, SWL REPORTS ARE ALSO WELCOME

Email: Login required to view

Ham Member Lookups: 3339

 

 

 

QSL Information:

 

If you want to receive a paper QSL-card:  all QSL is 100% return by bureau, or by direct if you sent one direct with 2$ included.

Hrd Log, LoTW and eQSL automatically updated.

 

 

 

 

 

 

"Até as primeiras décadas do século 20, Pelotas foi identificada, no Brasil, como a cidade do charque. Com o passar do tempo, esse título foi substituído por outro, não vinculado precisamente a um alimento, mas a uma especialidade gastronômica: tem-se atribuído ao município o título de Capital Nacional do Doce.
Sabe-se que o Nordeste é, por excelência, a área do açúcar no Brasil e que não são menos famosos os seus doces. A região Sul, por sua vez, jamais produziu açúcar de forma significativa. Não obstante, a tradição do doce em Pelotas praticamente coincidiu, no tempo, com a implantação das primeiras charqueadas.
Segundo Gilberto Freyre, explica-se esta tradição precisamente a partir do intercâmbio charque-açúcar. Os navios que levavam charque para o Nordeste traziam, de torna-viagem, grandes quantidades de açúcar, transformados, no interior dos casarões pelotenses, em doces finos, confeccionados à base de ovos, conforme a melhor tradição portuguesa.
Associaram-se, na realidade, três fatores, que nada esclarecem por si mesmos, mas tão-somente quando se entrelaçam: os primeiros charqueadores eram portugueses — transportaram da metrópole a predileção por essa iguaria, que transmitiram aos filhos; enriquecidos, exercitaram o requinte social — promoveram festas, banquetes e saraus, em que esses doces eram servidos; na sua condição de prósperos industriais, tiveram facilidade para importar do Nordeste o açúcar, matéria-prima básica, na ocasião muito cara e inacessível à grande maioria dos brasileiros.
Esse doce fino, adaptado ao paladar local, é responsável pela singularidade do doce pelotense — o doce de bandeja — em comparação com o doce nordestino — o doce de tabuleiro, predominantemente à base de frutas tropicais."
Mário Osório Magalhães

http://www.pelotasconvention.com.br/

 

    

 

  

 

 

 

 

 

 

"Errare humanum est Perseverare Diabolicum."

 

Flag Counter

 

8046970 Last modified: 2017-04-21 23:15:03, 8660 bytes

Login Required

Login is required for additional detail.

You must be logged in to file a report on this page

Please login now...

QRZ Logbook Summary for - PY3BEG
Latest Contacts for PY3BEG at QRZ.com
dedateband mode grid Country op
ZV2CV 2017-04-08 40m SSB GG76nn Brazil Expedition to Couves Island 8-9 april 2017 IOTA SA-028 DIB-SP022
EA8CXY 2017-04-04 20m SSB IL28ve Canary Islands Gerhard (Gerd) Langanke
CV5A 2017-04-01 20m SSB GF25ab Uruguay Dxpedition Isla De Flores (Iota Sa-030/Arlhs Uru-001)
MM0ALM 2017-03-28 20m SSB IO87ua Scotland DAVID WOOD
F5RAG 2017-03-28 20m SSB IN93uh France Iñaki
ZW1A 2017-03-25 20m SSB GG87me Brazil ADILSON CARDOSO
TM0T 2017-03-25 20m SSB IN77sx France Gildas Balannec
G5O 2017-03-25 20m SSB IO83xg England Stockport Radio Society G8SRS
PR1M 2017-03-25 15m SSB GG87bo Brazil Rio DX Group
ZB2TT 2017-03-25 15m SSB IM76HD80 Gibraltar Robert A. Morgan
ZV8P 2017-03-25 15m SSB GI58su Brazil Pará Dx Group Club Statio
ZV8PZ 2017-03-25 15m SSB Brazil
PP5JN 2017-03-25 15m SSB GG42RR Brazil Vilson Heck
ZV5O 2017-03-25 15m SSB GG54FO Brazil Special Callsign - Associação dos Radioamadores do Para
IR1Y 2017-03-25 20m SSB JN44mp Italy FLAVIO BERGAMASCO

Book Totals: 3045 qso's   561 confirmed Get a free logbook at QRZ.COM

World Continents Award#17011
Granted: 2017-03-18 23:58:02   (PY3BEG)

Endorsements:
  • 20 Meters Mixed
Grid Squared Award#14343
Granted: 2016-11-08 19:06:02   (PY3BEG)

ad: giga-db
Copyright © 2017 by QRZ.COM
Mon Apr 24 23:02:23 2017 UTC
CPU: 0.156 sec 81973 bytes mp